Artigos

Bannerinterno Parkinson

A doença de Parkinson (DP)

É uma perturbação degenerativa do sistema nervoso central que afeta principalmente a coordenação motora. Os sintomas evoluem de forma lenta e gradual ao longo do tempo. Inicialmente os sintomas mais evidentes são tremores, rigidez, lentidão de movimentos,  dificuldade em caminhar. Com o tempo, ocorrerem também dificuldades de raciocínio e alterações comportamentais. Nas fases avançadas da doença é comum a presença de demência. Podem ocorrer associados ao Parkinson sintomas de depressão, ansiedade, problemas sensoriais, emocionais e perturbações do sono.

Nutrição: o portador de Parkinson necessita de manter um bom equilíbrio nutricional. Algumas pessoas podem apresentar dificuldade para engolir alimentos sólidos, o que requer uma reorganização das refeições com alimentos mais pastosos ou líquidos. Também é comum a obstipação intestinal, o que pode ser aliviado com dieta rica em fibras.
Atividade Física: estudos tem mostrado que atividades físicas aeróbicas promovem melhor oxigenação cerebral, melhorando a comunicação neurológica entre diferentes áreas do cérebro, reduzindo sintomas como a lentidão, os tremores e a rigidez muscular. Vários outros exercícios físicos bem orientados podem melhorar a coordenação motora, a postura, o equilíbrio e outras atividades musculares.
Práticas Alternativa: algumas pesquisas apontam benefícios que o Tai Chi Chuan podem trazer para o equilíbrio postural de indivíduos com Doença de Parkinson.

O Origami é uma prática que estimula a motricidade e ajuda a desenvolver a motricidade fina utilizada para movimentos mais precisos como escrever, fechar botões de camisa, pegar objetos com dois dedos da mão, movimentos estes que podem ficar bastante prejudicados em função da doença.

Apoio Fonaudiológico e Psicológico: a maioria dos indivíduos com a doença de Parkinson costuma apresentar dificuldades na fala e na deglutição. Exercícios orientados por fonoaudiólogos podem melhorar esses sintomas. Aulas de canto e leitura em voz alta também podem ser úteis.

Além do impacto emocional que a doença pode trazer para a vida do paciente e dos seus familiares, a depressão é bastante comum nos portadores de Parkinson. Por isso, a ajuda de um psicólogo é importante para lidar com esses problemas.

Existem ainda associações que oferecem informação e grupos de apoio para pacientes e familiares:
– Associação Brasil Parkinson (www.parkinson.org.br)
– Associação Parkinson Brasília (site: www.parkinsondf.wordpress.com, e-mail: parkinsonbsb.gmail.com, Facebook: Associação Parkinson Brasilia)
–  Associação Parkinson Goiás (Endereço: Av. T-4, 1478, Bairro: Bueno, Goiânia, e-mail: contato@parkinsongoias.org, site: www.parkinsongoias.org/)

Leave a Reply

    No Twitter Messages.